Nos dias 14 e 15 de maio realizaram-se as XXII Jornadas da Associação Portuguesa de Buiatria, no Espaço AGORS, em Póvoa de Varzim. Estas Jornadas contaram com a participação de 150 colegas, que puderam assistir a 13 palestras apresentadas por 10 excelentes oradores. Pudemos ainda contar com o apoio de 14 entidades nesta organização, a quem muito agradecemos.

Foi ainda um prazer poder contar com a presença da Srª Diretora da DGAV, com o Presidente da AGROS e com um representante da OMV. A sua presença, além de valorizar as Jornadas, permitiu uma sempre salutar troca de ideias.
Depois de dois anos e meio de ausência de umas Jornadas presenciais foi revigorante estar novamente com os buiatras de Portugal, embora a participação não tenha sido ainda a desejada. Temos a certeza que nas próximas, ultrapassada a situação pandémica, teremos ainda mais colegas presentes.

A APB deixa aqui algumas fotos para que os participantes possam recordar as Jornadas. Relembramos ainda que maior parte das apresentações estão disponíveis na Área Reservada da nossa página, para consulta pelos nossos associados.

[Galeria de Fotos]

Na sequência do concurso lançado este em janeiro deste ano para a Atribuição de Apoio a Projetos Relevantes para a Buiatria em Portugal pela Associação Portuguesa da Buiatria, congratulamo-nos em informar que foram contemplados três projetos, que receberão um apoio total de €2900 dos €4500 que estavam disponíveis.

Os projetos contemplados foram “Inspeção Sanitária em Ungulados: Bem-estar animal de Bovinos em Matadouro”, apresentados por Sara Santos; “Efeito do stress crónico na incidência de doenças metabólicas e infeciosas em bovinos leiteiros” apresentado por Ricardo Bexiga e “Efeitos genéticos e ambientais no intervalo entre partos (IEP) de vacas primíparas de raça alentejana” apresentados por Rute Mourão. Além dos prémios, desejamos o maior sucesso a estes projetos.

Aproveitamos para agradecer aos membros do júri, os colegas Carlos Pinto, Hélder Quintas e Miguel Quaresma o trabalho realizado.

Anunciamos ainda que no início do ano de 2023 será aberto novo concurso.

 

As Associações Técnico Científicas dos Médicos Veterinários portugueses vêm por este meio repudiar a proposta de retirada de competências no que concerne à proteção e bem-estar animal da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).

Ler mais...